Dicas e informações

Datas e atividades:

As datas do Congresso são entre os dias 17 e 22 de maio. Segue resumo da programação de cada dia (a programação completa será divulgada em breve).

17/05 – Chegada e recepção dos participantes e das delegações.

18/05 – Assalto poético a La Paz: Chegada das Caravanas desde a cidade de El Alto, intervenções urbanas, cortejos, abertura da mostra artística.

19/05 – Ato de abertura oficial do Congresso, Debate Central, Grupos de Trabalho (Círculos de Visión), Encontro de redes e organizações latinoamericanas, oficinas e atividades artísticas descentralizadas pela cidade.

20/03 – Encontro de Redes e Organizações latinoamericanas, Encontro de Parlamentares e Gestores públicos, Encontro de Universidades, Grupos de Trabalho (Circulos de Visión) e Mostra Artística.

21/03-  Conclusão dos trabalhos em Grupo e dos Encontros setoriais (redes, parlamentares, gestores, universidades), Plenária de Encerramento do Congresso, Plenária Final

22/03 – Viagem à semente: Visita ao pueblo de creadores e ao povoado afroboliviano de Yungas (cerca de 2 horas de La Paz) – programação e estrutura em construção

Como programação permanente, haverá uma Mostra Latino – americana de Cinema e Audiovisual (haverá abertura para inscrições de trabalhos), Mostra Latino-Americana de Hip-Hop, exposições, transmissões ao vivo e comunicação colaborativa cobrindo todas as atividades do Congresso.

Obs: As cidades de Cochabamba e Oruro vão fazer atividades prévias ao Congresso nos dias 15 e 16/05, e as delegações ou pessoas que tiverem disponibilidade para participarem destas atividades serão muito bem-vindas.

Locais de realização das Atividades do Congresso

A maior parte das atividades ocorrerão no em La Paz, em espaços como o Auditório do Banco Central de Bolívia, a Fundação Cinemateca Boliviana  e a Universidad Maior de San Andres (UMSA) . São todos locais dentro do centro da cidade, que é relativamente pequeno, e bastante próximos uns dos outros, o que facilita o deslocamento de uma atividade para outra. A mostra artística ocorrerá em um espaço central na praça da Universidade.

Na programação completa, serão informados os endereços.

Hospedagem e Alimentação

Há 2 opções

1 – O governo Boliviano, através dos ministérios de cultura e educação, vai apoiar o Congresso disponibilizando alojamentos coletivos (em escolas, ginásios, espaços culturais) com camas e colchões para cerca de 1000 pessoas. A ideia é que as delegações fiquem alojadas por país de origem. Sobre alimentação, da mesma forma, o ministério da Cultura boliviano se comprometeu a servir 3 refeições diárias para até 1500 pessoas em forma de “quentinhas” ou “marmitex”, servidas em embalagens descartáveis, para os participantes credenciados no Congresso.

2 – Para quem quer ou precisa outro tipo de hospedagem e alimentação, há opções bastante econômicas em La Paz. Uma hospedagem em hotéis razoáveis próximos aos locais de realização das atividades do Congresso pode custar entre 20 e 40 reais por pessoa / dia, e há possibilidades de descontos para grupos.

Come-se bem e barato em La Paz. Praticamente todos os restaurantes servem menus do dia com salada, sopa, um prato de carne ou frango e sobremesa com preços que variam entre 5 e 10 reais.

Passagens Aéreas

As companhias aéreas Avianca / TACA e Boliviana de Aviación (BOA) estão oferecendo descontos especiais para os participantes do Congresso. A Avianca  / TACA já gerou um código de acesso ao desconto, que deve ser repassado à agência que for comprar ou no próprio site pra quem for comprar diretamente. O código é: GN320

Apoio institucional

A Ministra da Cultura, Marta Suplicy, enviou cartas para todas as secretarias de cultura dos estados solicitando que apoiem a participação dos representantes brasileiros no encontro. Estas cartas devem ser utilizadas para negociação com os estados. Segue link que dá acesso aos documentos: http://www.cultura.gov.br/documents/10901/644391/Of%C3%ADcio+Circular+004-2013/e039e9bb-b753-4fd9-a8e5-dc5342df502b

Conversão de moeda

R$ 1,00 vale mais ou menos 3,30 pesos bolivianos, a moeda local. 1 dólar vale por volta de 6.90 bolivianos. É preferível trocar o real por dólar no Brasil, pois é bem mais fácil trocar dólares do que reais em La Paz. É bom levar alguma quantia de dinheiro em espécie, pois nem todos os lugares em La Paz aceitam cartões de crédito.

Inscrições e taxas

O Congresso vem sendo organizado de forma voluntária, independente, colaborativa, autogestionária e praticamente sem recursos. Neste sentido, será cobrada de todos os participantes, no momento do credenciamento, uma contribuição simbólica de 25 dólares, em torno de 50 reais, pois cada participante receberá um kit com programação, crachá de identificação, material com informações úteis sobre a cidade, mapa com o local das atividades, etc. Por segurança e controle, o crachá dará acesso aos espaços de atividades do congresso, aos locais de alojamento coletivo e à alimentação.

Importante saber:

  • Todo cidadão estrangeiro que sai da Bolívia de avião paga uma taxa no aeroporto no valor de 25 dólares. Essa taxa é cobrada na hora de voltar, logo depois de fazer o check-in, e ninguém embarca sem pagá-la. É muito importante deixar separada essa quantia pra não ter problemas na saída.
  • A Vacina contra Febre Amarela é obrigatória e deve ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem. O documento que comprova a vacina é o Certificado Internacional de Vacinação emitido pela ANVISA. Informações podem ser obtidas em qualquer posto de saúde.
  • La Paz está a uma altitude de 3600 em relação ao nível do mar, é preciso considerar os efeitos da altitude no organismo. Em geral há um relativo mal-estar, que varia de pessoa pra pessoa, nos 2 primeiros dias de estada na cidade. A sensação, conhecida na língua aymara como soroche, ou “mal das alturas”, pode causar cansaço, sonolência, cefaleia  náusea. Passa em 48 horas e a intensidade varia de cada pessoa. Existem comprimidos específicos para combater estes sintomas, os “sorochi pills”, que podem ser adquiridos em qualquer farmácia.
  • A temperatura média em La Paz é entre 5 e 10 graus, embora faça sol forte durante o dia. Recomenda-se levar roupas pesadas contra o frio e protetor solar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

3 + 3 =